Dr Luiz Antonio Maksoud Bussuan Crioesclerose em Dourados MS

Dr Luiz Antonio Maksoud Bussuan

CRM MS : 520

Angiologia e Cirurgia Vascular

 

 

Endereço : Rua Major Capilé, 2202 – Centro
Localidade : Dourados – Mato Grosso do Sul – MS
Telefones : (67) 3421 7861 / (67) 3423 8919

CRIOESCLEROTERAPIA

Esse tratamento de varizes usa o mesmo princípio do tradicional, porém a medicação é resfriada a 40º C negativos. Isso contrai os vasos de forma mais eficaz, além de anestesiar a pele, diminuindo a dor, ser mais rápido (10-20 min) e causar menos hematomas e manchas.

A panturrilha é a principal responsável por bombear o sangue em direção ao coração. Sem a movimentação desse músculo, a velocidade do fluxo sanguíneo diminui e isso aumenta o risco de trombose – quadro caracterizado pela
formação de coágulos, os trombos, dentro de uma veia, geralmente na perna. Para a panturrilha (e o sangue) sair da inércia, nada melhor do que andar. É importante evitar passar mais de duas horas sentado. A recomendação é fazer pequenas caminhadas sempre que possível. O recado é válido não só para os aficionados por novelas, séries e afins, mas também para quem permanece muito tempo grudado na cadeira do escritório ou faz viagens longas de carro ou avião. Verdade que, em alguns momentos, fica mais complicado levantar e dar uns passinhos. Mas, enquanto estiver sentado, você pode esticar as pernas, trocar de posição, mexer os dedos dos pés ou contrair a panturrilha. Ainda na linha de movimentar esse músculo, impulsionador da circulação, tem outra dica : ficar na ponta dos pés repetidas vezes. E é possível fazer esse gesto na poltrona mesmo.

Obesidade e varizes :
A obesidade é um dos maiores responsáveis pelo surgimento das varizes.
O aumento do volume abdominal dificulta o retorno do sangue ao coração, assim as veias se dilatam e degeneram!

HOMEM TRATA VARIZES?
Dores, inchaço e sensação de peso são sintomas típicos de quem apresenta varizes nas pernas. Mas essa doença não afeta apenas as mulheres : em média, um em cada cinco homens sofre do problema, principalmente a partir dos 30 anos.

A hereditariedade é a principal explicação desse problema, que também pode se desencadeado pela obesidade, sedentarismo e posições constantes, como passar muito tempo sentado ou em pé.

Infelizmente os homens que sentem estes sintomas custam a procurar ajuda e a perceber as veias escuras e protuberantes nas pernas, isso devido principalmente aos pelos que escondem as veias.

Se não forem tratadas, as varizes podem ser responsáveis por outros problemas, como trombose, flebite, úlcera, perda de pelos e inchaço excessivo nas pernas. Sua prevenção também é possível, através de exercícios físicos, alongamento, controle de peso e movimentação do corpo.

O que é Trombose?
A Trombose Venosa Profunda é a formação de um coágulo sanguíneo em uma ou mais veias do corpo, mais frequentemente nas pernas. Ele bloqueia o fluxo
de sangue e causa inchaço e dor na região. O problema maior é quando um coágulo se desprende e se movimenta na corrente sanguínea, em um processo chamado de embolia.

Em aproximadamente metade dos casos, a trombose não apresenta sintomas no paciente. No entanto, o paciente pode apresentar alguns sinais e sintomas da doença :
– Dor nas pernas, principalmente nas panturrilhas, podendo chegar até o pé e o tornozelo;
– Sensação de queimação na região afetada;
– Mudanças na cor da pele da região afetada pela doença, que começa a ficar vermelha ou azul;
– Edema (inchaço) na perna afetada

O tratamento inicial da trombose venosa profunda (TVP) é o repouso com o membro acometido elevado e a anticoagulação, inicialmente com medicamento injetável que assim que possível é substituído por medicamento por via oral. O tratamento pode ser feito em regime hospitalar ou mesmo em casa, desde que o paciente colabore com o médico e com o tratamento proposto. Não se assuste se seu médico oferecer apenas a opção de internação hospitalar, assim ele pode controlar melhor a dosagem dos medicamentos e fazer exames em série.

TELANGIECTASIA
Telangiectasias são vasos muito finos existentes na superfície da pele e que justamente por isso acabam sendo conhecidos popularmente como microvasos ou vasinhos. É um problema basicamente estético já que não costumam apresentar sintomas.

Eventualmente há queixa de queimação no local onde eles se encontram, porém, geralmente é causada por uma veia de maior calibre doente na região.

O sexo feminino está mais sujeito devido à sua associação com estrogênio, e o uso da pílula anticoncepcional, é o principal fator de piora desses vasinhos.

A diabetes quando mal controlada causa lesões nos vasos e nos nervos.

Quando a circulação é afetada, o paciente tem maior risco de amputação dos membros inferiores.

Quando é a parte neurológica , o diabético relata sensação de formigamento, agulhadas e diminuição da sensibilidade , podendo se machucar e não perceber!

O exame Vascular faz parte da rotina do diabético assim como o exame de fundo de olho que avalia o estado da retina!

SUAS PERNAS DOEM MAIS A NOITE?
A noite as dores e os inchaços das pernas ficam mais evidentes,refletindo tudo o que você fez durante o dia!

Portadores de neuropatias, como alguns diabéticos , alcoólatras e pessoas com hérnias de disco também sentem esse incomodo piorar a noite.

Evite ficar muito tempo na mesma posição, mexa se!!

Faça uma avaliação com seu médico, descubra a causa do seu incômodo!

REMOÇÃO DA VEIA SAFENA

Esta operação é conhecida como cirurgia tradicional e é utilizada no caso de varizes grandes.

Nestes casos, o médico faz um corte na perna e remove toda a veia safena, que não está funcionando corretamente. Assim, o sangue continua circulando por outras veias sem levar ao aumento da pressão por não conseguir passar pela safena.

A diminuição da pressão dentro dos vasos das pernas reduz o volume das varizes e evita a formação de novas, resolvendo problemas com varizes muito grandes e vasinhos, por exemplo.

O pós operatório da cirurgia de varizes depende da extensão da cirurgia e, por isso, deve ser sempre indicada pelo médico. No entanto, quando existe corte da pele é recomendado fazer repouso entre 2 dias a 7 dias, sendo permitido movimentar apenas para andar dentro de casa.

No período de recuperação é também indicado utilizar meias elásticas, durante o dia, até um período de 6 meses.

Após a primeira semana de recuperação é possível iniciar pequenos passeios fora de casa, podendo-se retomar as atividades de rotina por volta das 2 semanas. Porém deve-se evitar levantar pesos e expôr as pernas ao sol nos primeiros 2 meses.

Outras atividades,como a academia e aulas de step, devem ser iniciadas depois do 1º mês de recuperação, sob a orientação e supervisão do cirurgião vascular.

Complicações da cirurgia de varizes são cada vez menores, devido ao desenvolvimento das técnicas e, normalmente, podem ser evitadas se os pacientes cumprirem as recomendações de recuperação.

ANTI COAGULANTES

Anticoagulantes são medicamentos que impedem que os coágulos se formem através do bloqueio de substâncias que agem na cascata de coagulação.

Os coágulos são importantes para a cicatrização de feridas, fechamento de cortes, porém eles podem também bloquear a circulação do sangue, causando embolos e trombose.

Esses medicamentos deixam o sangue mais fluido, sendo usados em pessoas com trombos ja formados ou doenças que facilitam suas formações, como arritimias cardíacas e trombofilias. A escolha do anti coagulante deve ser feita pelo seu médico!

ECO COLOR DOPPLER ARTERIAL E VENOSO

Esse exame feito com um aparelho de ultra sonografia é de extrema importância para diagnostico de doenças nas veias e artérias.

Totalmente indolor e sem contra indicação, deve ser feito por um médico angiologista ou especialista em imagem.

VARIZES NA GRAVIDEZ

As varizes aparecem devido ao aumento de sangue na grávida e ao efeito relaxante dos hormônios sobre as veias. Elas acontecem frequentemente nas pernas, pois o peso do bebê na barriga dificulta que o sangue retorne ao coração. Além disso, também podem surgir nas virilhas, região íntima da mulher e no útero.

Normalmente as varizes na gravidez desaparecem após a gestação, no entanto, se houver danos permanentes, após o parto a mulher pode realizar tratamento com laser ou cirurgia para retira las. Por isso a importância do acompanhamento de um médico Cirurgião Vascular durante esse período.

Para evitar as varizes na gravidez, a grávida pode ter alguns cuidados como :

– Não ficar de pé durante muito tempo;
– Evitar cruzar as pernas quando está sentada;
– Elevar as pernas enquanto dorme;
– Massagear os pés e as pernas no final do dia;
– Utilizar meias elásticas durante o dia.

Além disso, é importante que a mulher faça exercício físico regular para aumentar a resistência das veias e impedir que dilatem. Os sintomas das varizes na gravidez incluem :

– Dor nas pernas ou virilhas;
– Sensação de peso nas pernas;
– Pernas mais inchadas no final do dia.

Caso as pernas fiquem muito inchadas, vermelhas e mais quentes, a gestante deve procurar um médico angiologista para fazer uma avaliação e iniciar o tratamento adequado, pois pode ser uma flebite.

Microcirurgia de varizes

Microcirurgia de varizes ou flebectomia ambulatorial pode ser feita pelo cirurgião vascular sem internação e com anestesia local.

Com pequenos cortes ele remove os vasos que estão provocando as varizes superficiais.

Mesmo podendo voltar para casa no mesmo dia , recomenda-se repousar por uma semana para melhor cicatrização.

Esse procedimento trata varizes pequenas e médias.

Se você é sedentário deve saber que tem maior risco de varias doenças, entre elas as varizes!!

Menos atividade física, faz com que a musculatura da perna diminua , prejudicando o retorno do sangue ao coração e facilitando o aparecimento das varizes!

Tente incluir atividades no seu dia a dia : caminhe mais , evite o uso excessivo do carro, tente uma atividade física regular na academia, suba escadas!