Dr Haroldo Machado Psiquiatra na Barra da Tijuca

CRM : 52.65583-0

Currículo :

  • Graduado pela UFRJ
  • Residencia IPP- Ministério da Saúde
  • Mestre em Medicina Social pela UERJ
  • Professor do IGT
  • Especializado em Ansiedade e Depressão
Endereço: Avenida das Américas, 700 – Bloco 6 – Sala 231 – Shopping Città América
Bairro: Barra da Tijuca, Rio de Janeiro – RJ
 
Telefone: (21) 99662-7231 / (21) 3042-8586 
Também atende no bairro de Copacabana

Dr Haroldo Machado Psiquiatra na Barra da Tijuca

O que é?

Psiquiatria é uma das especialidades da Medicina, e basicamente é responsável pelo diagnóstico e tratamento dos chamados Transtornos Mentais e de Comportamento, atuando com a prevenção, o diagnóstico, o tratamento e a reabilitação dos diferentes modos de manifestações das doenças mentais em geral.

São exemplos destas: a depressão, o transtorno bipolar, a esquizofrenia, a demência e os transtornos de ansiedade. Os médicos especializados em psiquiatria são em geral designados por psiquiatras (até meados do século XX foi também comum a designação alienistas).

Dr Haroldo Machado Psiquiatra na Barra da TijucaA meta principal é o alívio do sofrimento e o bem-estar psíquico.

Para isso, é necessária uma avaliação completa do paciente, com perspectivas biológica, psicológica e de ordem cultural, entre outras afins.

Uma doença ou problema psíquico pode ser tratado com medicamentos ou terapêuticas diversas, como a psicoterapia, prática de maior tradição no tratamento.

A avaliação psiquiátrica envolve o exame do estado mental e a história clínica.

Testes psicológicos, neurológicos, neuropsicológicos e exames de imagem podem ser utilizados como auxiliares na avaliação, assim como exames físicos e laboratoriais.

Os procedimentos diagnósticos são norteados a partir do campo das psicopatologias; critérios bastante usados hoje em dia, principalmente na saúde pública, são a CID-10 da Organização Mundial de Saúde, adotada no Brasil, e o DSM-V da American Psychiatric Association.

Os medicamentos psiquiátricos são parte importante do arsenal terapêutico, o que é único na Psiquiatria, assim como procedimentos mais raramente utilizados, muito já criticados na história do movimento psiquiátrico, como a eletroconvulsoterapia.

A psicoterapia também faz parte do arsenal terapêutico do psiquiatra, embora também possa ser utilizada por outros profissionais de saúde mental:

Psicólogos e Psicanalistas.

No entanto, a ferramenta da psicoterapia é sempre útil para as entrevistas diagnósticas e orientações; para praticá-la o psiquiatra deve fazer a formação complementar.

Os serviços psiquiátricos podem fornecer atendimento de forma ambulatorial ou em internamento.

Em casos de sofrimento grave do paciente e risco para si e para os outros que o cercam, a indicação de internação pode até ocorrer de forma involuntária.

Tanto a clínica quanto a pesquisa em psiquiatria são realizadas de forma interdisciplinar.